sexta-feira, 29 de agosto de 2008

RUY LAMENTA TRAMA ARMANDA POR COLEGAS

FOTO DIVULGAÇÃO

Em discurso pronunciado ontem, quarta-feira, na tribuna da assembléia legislativa, o deputado estadual Ruy Muniz diz que já tomou uma decisão em relação às críticas tendenciosas de que foi vítima em sucessivas edições dos tablóides belorizontinos O Tempo e Super: Vou enterrar, com a minha vitória, não só a política, mas também os políticos velhos e ultrapassados e, junto, os inoperantes e incompetentes.Ressaltou que seus adversários, não tendo mais munição para atingi-lo pessoalmente, passaram a plantar denúncias infundadas contra a Soebras, associação filantrópica sem fins lucrativos, que atua principalmente na área da educação, da qual sou um dos idealizadores e participei ativamente de sua gestão e de seu processo de crescimento.No encerramento de seu discurso, o candidato a prefeito de Montes Claros pela coligação O futuro agora, diz lamentar que esteja sendo vítima de colegas do próprio parlamento: Não posso deixar de citar um episódio que muito me entristeceu nos últimos dias, mais até do que as injúrias e calúnias dos tablóides que, por si só, por inconsistência, não vão passar de barulho. O que me deixa profundamente triste são as fortes evidências e até provas que confirmam a participação direta de colegas desta casa na trama armada contra mim, o que considero lamentável

Protocolo regula queima da cana-de-açúcar em Minas

FOTOS XU MEDEIROS


Minas Gerais já conta com novas regras para a colheita de cana-de-açúcar. A partir deste ano, empreendedores do setor sucroalcooleiro devem iniciar a substituição da queima da cana, utilizada para evitar o risco de cortes do trabalhador com a palha, pela mecanização da colheita. A medida, assegurada com a assinatura do Protocolo de Intenções de Eliminação da Queima da Cana no Setor Sucroalcooleiro, implica em ganhos ambientais, como a redução da emissão de dióxido de carbono (CO2), incentivo ao uso da palha da cana para produção de energia e o desenvolvimento sustentável do setor sucroalcooleiro. As ações contidas no protocolo visam proteger nascentes e a vegetação em seu entorno, áreas de preservação permanentes, e vão mais longe para assegurar a sustentabilidade da atividade econômica: determinam aos empreendedores a implantação de planos técnicos de conservação do solo e de recursos hídricos para plantios já estabelecidos e novos plantios. Os empreendimentos instalados no Estado devem se adequar às regras estabelecidas pelo protocolo até 2014.A assinatura do protocolo de intenções é resultado de uma comissão criada em 2007 e formada por representantes do Sistema Estadual de Meio Ambiente (Sisema) e do setor produtivo, para analisar os critérios para a regularização da queimada na produção da cana-de-açúcar no Estado. O documento foi assinado pelo Governo do Estado, entidades representativas do setor e da sociedade civil, durante o 3º Fórum Mineiro de Mudanças Climáticas, realizado este mês, em Belo Horizonte.Redução gradual da queimaDe acordo com o documento, os empreendimentos que se instalarem a partir de 2008 nas áreas com declividade inferior a 12%, deverão ter mecanizado, no mínimo, 80% da colheita da cana em 2009 e 100% até 2014. Nos plantios implantados até 2007, já licenciados, a mecanização das áreas deverá estar concluída, no máximo, até 2014. A partir de 2014, serão proibidas, mesmo sob forma controlada, a queima da cana-de-açúcar na zona de amortecimento das unidades de conservação, medida preventiva contra incêndios florestais, e a queima na colheita da cana-de-açúcar em áreas localizadas a menos de 2 mil metros de áreas urbanas ou comunidades rurais, bem como nas áreas de expansão de canaviais (novos plantios). Requalificação de trabalhadoresCom a mecanização, a máquina colhedora de cana realizará o trabalho de cerca de 80 pessoas. Com isso, os trabalhadores que não serão aproveitados deverão ser qualificados para assumirem novos postos de trabalho. Vários empreendimentos do setor já deram início à requalificação e planejam o aproveitamento dessa mão-de-obra em outros setores.O incentivo aos cursos de capacitação e requalificação da mão-de-obra que trabalha nas lavouras de cana, por parte do poder público e do setor privado, é uma exigência do protocolo. Uma das estratégias previstas no documento é a intensificação de políticas públicas de incentivo à agricultura familiar. A fiscalização do cumprimento do protocolo ficará a cargo do Sistema de Meio Ambiente (Sisema).De acordo com o presidente do Conselho de Administração do Grupo Moema, Maurílio Biagi, as duas usinas que o grupo paulista possui nas cidades de Itapagipe e Frutal, no Triângulo Mineiro, já têm 70% da produção mecanizada. “Estamos investindo na requalificação dos trabalhadores, dando educação e instrução”. As duas indústrias empregam 4 mil pessoas no parque industrial e na área de lavoura. A Agropéu, usina de cana-de-açúcar e produção de etanol, do município de Pompéu, no Centro-Oeste mineiro, está com 30% da colheita da cana mecanizada. O diretor-presidente, Geraldo Otacílio Cordeiro, informa que a empresa vai dobrar a produção nos próximos três anos. “Como estamos ampliando a área de lavoura, os trabalhadores serão recolocados em outras áreas, para isso estamos realizando cursos de qualificação. Vamos manter o nosso quadro de 1100 funcionários”, ressalta Cordeiro. Preservação ambiental e geração de energia“A elaboração do protocolo durou um ano. Todas as partes envolvidas tiveram que ceder em alguns pontos, para um consenso final de que não podemos mais queimar a cana e contribuir para a emissão de CO2”, declara o presidente do Sindicato da Indústria de Fabricação do Álcool no Estado de Minas Gerais e Sindicato da Indústria do Açúcar no Estado de Minas Gerais Siamig/Sindaçúcar, Luiz Custódio Cotta. Ele destaca a possibilidade de destinação da palha para geração de energia. “Com a utilização de 50% da palha da cana, que não mais será queimada, o setor poderá gerar 587 megawatts de energia, uma potência bem acima da barragem de Três Marias”.O diretor-geral do Instituto Estadual de Florestas (IEF), Humberto Candeias, esclarece que o protocolo de intenções é mais rigoroso que o Decreto Federal nº 2.661/1998, que normatiza o tema, pois estabelece prazos e metas a serem cumpridos pelos empreendedores. Para Candeias, a iniciativa contribui para a conservação do meio ambiente em diversos pontos. “A cultura da cana absorve o CO2 e com o término da queima, não há mais emissão de gases que contribuem para o efeito estufa. Outro fator é que a palha, deixando de ser queimada, será incorporada ao solo, devolvendo nutrientes”, enfatiza.A opinião é compartilhada pela superintendente da Associação Mineira de Defesa do Ambiente (Amda), Maria Dalce Ricas. “A questão da queima da cana traz implicações ambientais sérias, como a emissão de gases causadores do efeito estufa, além de gerar danos à fauna. Sempre fomos a favor da mecanização, pois fica mais fácil proteger os remanescentes de vegetação nativa dentro da lavoura ou periféricos”, afirma a ambientalista.Crescimento do setor sucroalcooleiroMinas Gerais é o terceiro maior produtor de etanol do país, com 1,76 bilhão de litros em 2007, segundo dados da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sede). Hoje, são 36 usinas de açúcar e álcool, com uma previsão para a safra de 2008 de 43 milhões de toneladas de cana, 2,6 milhões de açúcar e 2 bilhões de litros de etanol. Até 2014 deverão ser 58 usinas. A região do Triângulo Mineiro responde por mais de 70% da produção mineira. O mercado sucroalcooleiro cresceu nos últimos cinco anos muito acima da média nacional. Dados da Siamig/Sindaçúcar mostram que a produção de cana-de-açúcar em Minas cresceu 17,88% ao ano, contra 8,80% da média nacional. Resultados semelhantes foram obtidos na produção do açúcar, com índice de crescimento de 14,14% no Estado e 6,46% no país, e na produção de etanol, cuja taxa estadual foi de 22,59% frente à nacional de 11,83% ao ano.

TECNOLOGIA PARA A BANANICULTURA IRRIGADA É O TEMA DO NOVO INFORME AGROPECUÁRIO DA EPAMIG

FOTO DIVULGAÇÃO

A Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (EPAMIG) lança a revista Informe Agropecuário Bananicultura irrigada: inovações tecnológicas. A revista aborda aspectos socioeconômicos da bananicultura, práticas adequadas para lavouras, irrigação, doenças, manejo de pragas, cultivares e aproveitamento industrial dos descartes pós-colheita.A banana é a principal fruta no comércio internacional e a mais popular no mundo. A produção mundial é de 70,7 milhões de toneladas e o Brasil ocupa a segunda colocação entre os maiores produtores do mundo, com 7,1 milhões de toneladas produzidas em 504 mil hectares. Há várias décadas a EPAMIG realizada pesquisas sobre a banana, com especial destaque para as técnicas voltadas para produção no semi-árido e para o aumento da produtividade. Até a próxima sexta-feira (29) a EPAMIG realiza, em Nova Porteirinha, o 2º. Simpósio Norte-Mineiro sobre a Cultura da Banana (Simbanana). O evento foi aberto ontem (25) com o lançamento oficial dessa edição do Informe Agropecuário. Mais informações:EPAMIG- Divisão de Produção e ComercializaçãoTelefax: (31) 3489-5002e-mail: publicacao@epamig.brPáginas: 120Preço: R$12,00

Profissionais da construção civil concluem curso na Faop

FOTO XU MEDEIROS

Vinte e cinco alunos do Núcleo de Ofícios da Escola de Arte Rodrigo Melo Franco de Andrade, da Fundação de Arte de Ouro Preto, entidade vinculada à Secretaria de Estado de Cultura de Minas Gerais, recebem comprovantes de conclusão do curso de qualificação em conservação e restauração de bens edificados. O curso promove o conhecimento e a sensibilidade para que profissionais da construção civil possam intervir em bens preservados, além de contribuir para a formação cidadã dos alunos para que estes se tornem, junto à sociedade, multiplicadores da conservação do patrimônio histórico e artístico. Um exemplo é o pintor-restaurador Alexandre Rocha, aluno da primeira turma do Núcleo e que, hoje, ajuda a formar novos profissionais capazes de atuar em obras de intervenção em bens históricos. Ao todo, a Faop já capacitou cerca de 150 profissionais da construção civil: pedreiros, carpinteiros, pintores, ferreiros, estucadores, ferreiros e instaladores. A cerimônia de entrega de declarações e certificados será na próxima quinta-feira (4), às 19h, no auditório da Casa Bernardo Guimarães, sede administrativa da Faop, na rua Irmãos Kennedy, 601, no bairro Cabeças, em Ouro Preto. Inscrições para nova turma A partir de 1º de setembro, a Faop recebe inscrições para mais um curso do Núcleo de Ofícios. Podem se inscrever pedreiros e carpinteiros, com dois anos de experiência comprovada, que desejam ampliar seus conhecimentos e atuar como pedreiros-restauradores ou carpinteiros-restauradores, considerando o amplo mercado de trabalho que cidades como Ouro Preto, Mariana e tantos outros sítios históricos oferecem. O curso tem quatro meses de duração, com no turno da noite, de segunda-feira a quarta-feira, e deverão ser iniciadas no dia 22 de setembro. Mais informações pelo telefone (31) 3551-2014.

quinta-feira, 28 de agosto de 2008

Montes Claros será primeira do Estado a receber novo sistema

FOTOS XU MEDEIROS

O Programa Municipal de Defesa do Consumidor de Montes Claros (Procon/Moc), acatando determinação do Termo da resolução 477 da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), irá coordenar e fiscalizar na cidade, o novo sistema de Portabilidade que entrará em vigor em todo o país a partir do dia 03 de novembro. Em Minas Gerais, Montes Claros será a primeira cidade do Estado que irá receber o novo sistema de telefonia celular. Para tanto, o Procon começou a notificar as empresas de telefonia celular da cidade para uma primeira audiência no início do mês de setembro, no dia 05 de setembro, às 16h, na sede do órgão.Segundo o Procon o sistema de Portabilidade é a possibilidade de o consumidor transferir sua linha da telefonia celular pós-pago, para pré-pago sem perder o número. Com o novo sistema que será implantado pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), o consumidor também terá o direito de trocar de operadora sem perder o número, gerando assim mais concorrência entre as empresas, já que muitos consumidores não trocam de operadora por medo de perder cliente ou contato com os amigos já que possui o mesmo número de celular há anos. fonte:JN.

LULA VEM EM OUTUBRO INAUGURAR USINA DE BIODIESEL

FOTOS XU MEDEIROS

O diretor de Suprimentos da Petrobras, Miguel Rosseto, esteve em Montes Claros ontem. Ele participou, duranter a tarde, de reunião na Câmara Municipal, promovida pela Petrobras, para avaliação de trabalhos do programa de Biodiesel em Montes Claros e na região. A reunião
aconteceu com presença do prefeito Athos Avelino. A inauguração da Usina de Biodiesel que a Petrobras está construindo em Montes Claros está confirmada para a primeira quinzena de outubro, com a presença do presidente Luiz Ignácio Lula da Silva. Fonte:JN.

A empresa Soebras mantém o projeto de extensão, reforço e acompanhamento escolar em diversas escolas de Montes Claros.

FOTOS XU MEDEIROS

Esse projeto foi criado no ano passado, no dia 7 de setembro, e mês que vem completará um ano de existência. O objetivo é auxiliar as crianças e adolescentes com problemas de aprendizagem.
A escola seleciona os alunos e encaminha um ofício para a sede do projeto, onde os coordenadores designam estagiários do curso de Pedagogia e dos demais cursos da rede Soebras para ocuparem funções de monitores nessas escolas.
Os coordenadores e idealizadores do projeto de reforço escolar Soebras, juntamente com os monitores, auxiliam crianças e adolescentes com problemas escolares
A coordenação e idealização do projeto são de Zilda Rodrigues e do professor Odair José, a coordenadora do curso de Pedagogia é Sueli dos Reis.
É um projeto que funciona como um laboratório, os estagiários aprendem em sala e colocam em prática com os alunos nas escolas. Após o horário normal das aulas, os alunos vão para as salas onde aprenderam com os monitores sobre as matérias que têm mais dificuldade, atendendo da 1ª a 4ª série do ensino fundamental até o 3º ano do ensino médio.
- Atendemos hoje nove escolas, mas o projeto só tende a crescer. Formamos turmas com dez alunos, em cada. Preferimos esse número de alunos por turma para que o aprendizado seja eficaz, para poder atendê-los com mais atenção. Numa turma com muitos alunos isso não seria possível, algum aluno acabaria no prejuízo – afirma Odair.
ESCOLAS
Atualmente as escolas participantes são as escolas estaduais Antônio Canela, Beijamim Versiani dos Anjos, Santa Terezinha, Dom João Antônio Pimenta, entre outras, abrangendo as escolas de Norte a Sul da cidade.
- Dentro dos cursos de Pedagogia em outras universidades não existem projetos dessa magnitude, a Soebras é a pioneira desse projeto, onde os acadêmicos colocam em prática o que aprendem em sala – explica Zilda Rodrigues.
APRENDIZADO
Além de ajudar no reforço escolar, o projeto também auxilia os alunos nos problemas familiares, de auto-estima e incentiva a prática de esportes, além de várias outras atividades.
- Eu sou monitora na escola estadual Dom João Antônio Pimenta e pude perceber o progresso alcançado pelos meus alunos. Dou aula para a primeira série e muitos no início não sabiam nem ler. Hoje estão lendo bem! Há pelo projeto um acompanhamento de reescrita e de releitura. Para reforçar a leitura e a escrita dessas crianças. Há também um acompanhamento na área de artes e do teatro com o projeto multidisciplinar o sentido da vida – explica a monitora e participante do projeto de extensão, reforço e acompanhamento escolar, Mayounara Soares Barbosa.
Segundo Odair José, o projeto se adapta a cada escola e a cada aluno, para ajudá-los da melhor maneira possível.
Os alunos aprendem e tem um acompanhamentoescolar mais intenso (fotos: XU MEDEIROS)
- É um projeto que ajudar a organizar e que está sempre buscando novas idéias. Inclusive estamos tentando introduzir para os alunos que estão no ensino médio, as matérias que são cobradas no Paes para dar um enfoque maior – diz ele.
- Possivelmente teremos também os jogos matemáticos, onde será treinado a lógica dos alunos em jogos como o xadrez e outros que requer a prática dessa lógica – revela Zilda.
NOVOS PROJETOS
Mayounara ainda revela que em breve na escola estadual Dom João Antônio Pimenta, começará um projeto eleitoral que ainda não tem data marcada, mas que promete ser um sucesso.
- Como profissional eu cresci muito. Poucos conseguem essa chance. A experiência é fantástica. É vivenciando na escola, tendo contato com os alunos que aprendemos mais – diz ela.
Ela e sua equipe de monitores que ensinam na escola estadual Dom João Antônio Pimenta são supervisionadas por Carlota Narciso.
APOIO
Segundo a diretora da escola estadual Dom João Antônio Pimenta, Léia Lopes, esse esforço escolar é destinado para as crianças que precisam e que não possuem um apoio dos pais em casa. É uma parceria da escola feita com a extensão, reforço e acompanhamento escolar da rede Soebras.
- Estamos no caminho e esse resultado vamos colher no final. Esse projeto da rede Soebras é um projeto sólido e sério, as monitoras são ótimas e competentes e auxiliam os alunos sempre que precisam – afirma Léia Lopes.
O projeto foi implantado na escola há aproximadamente quatro meses. São três monitoras que ficam em sala para ajudar aos alunos mais lentos que não conseguem acompanhar a velocidade de aprendizagem dos demais alunos, já que nas salas a média de alunos é de quarenta, essas crianças mais lentas precisam de um acompanhamento mais eficaz.


Humanização em debate

FOTOS XU MEDEIROS

Profissionais da área da saúde apresentam experiências e incentivam profissionais a criar novos grupos de humanização

Com objetivo de fomentar a discussão sobre humanização, o Grupo Interinstitucional de Humanização da Gerência Regional de Saúde Montes Claros se reúne periodicamente na Secretaria de Estado de Saúde, em Belo Horizonte, junto com grupos das outras GRS do Estado. Durante o encontro, os grupos relatam as experiências de humanização, incentivando profissionais a criar novos grupos nas suas instituições de trabalho.
Nesta quinta-feira, 28, às 14 horas, o grupo se reúne no auditório da GRS-MOC para mais um debate. Participam do encontro, profissionais da área da saúde de diversas instituições, que relatam suas experiências e trocam informações sobre o tema. Durante o encontro, será criado um comitê regional, constituído por representantes das instituições de saúde dos municípios da Macro Norte.
De acordo com Lourdes Lima, referência em Humanização da GRS-MOC, a partir desse comitê, as ações do grupo serão melhor direcionadas. “Nossa meta é divulgar as experiências exitosas de humanização para que hospitais e secretarias municipais comecem a trabalhar em rede, trocando experiências, qualificando, assim, o atendimento aos usuários do SUS”.

Direito de todos

Um desafio permanente do SUS é possibilitar o acesso de todos os cidadãos à saúde, de forma universal e equânime, garantindo a integralidade, universalidade, humanização e qualidade na atenção.
Diariamente, os gestores enfrentam problemas, principalmente com relação à oferta desordenada dos serviços que leva a grandes filas de espera e uma demanda reprimida da atenção ambulatorial e hospitalar, além das restrições orçamentárias e dificuldades gerenciais.
Buscando fazer avançar os princípios do SUS, a Polícia Nacional de Humanização foi criada, em 2003, como resultado do constante debate entre gestores e profissionais de saúde interessados em promover a atenção e eqüidade na gestão, segundo as necessidades da população brasileira. A PNH contribui para a mudança dos modelos de gestão e de atenção que, no cotidiano dos serviços, são operados pelos gestores, trabalhadores e usuários.
A coordenadora da Atenção Primária da GRS-MOC, Solange Fátima Ferreira de Carvalho ressalta a importância de ampliar o debate sobre humanização. “A humanização passa por lugar adequado e condições de trabalho, respeito aos direitos dos funcionários e dos usuários, de forma que os princípios universais do SUS possam ser consolidados. O grupo de humanização é uma importante iniciativa para que essa que se cumpram esses princípios”, conclui.

quarta-feira, 27 de agosto de 2008

Cozinhas Comunitárias revelam sabores do Jequitinhonha

Divulgação/Sedvan

Por meio do programa Cozinhas Comunitárias Sertanejas, cozinheiras oferecem um banquete em seminário. Entre os dias 28 e 30 de agosto, empresários, estudantes, representantes das comunidades, de órgãos públicos e entidades do terceiro setor, além de profissionais do meio turístico terão a oportunidade de saborear as delícias da culinária do Vale do Jequitinhonha. Por meio do programa Cozinhas Comunitárias Sertanejas, do Governo de Minas, as cozinheiras vão oferecer pão de queijo, broinha de fubá, bolos, biscoito de goma, biscoito de farinha de trigo, torradas e sucos de frutas da região aos participantes do Seminário Turismo de Inclusão – Ecoturismo, que acontece em Diamantina. O seminário tem como meta fortalecer a política de regionalização do turismo e fomentar o ecoturismo na região do Alto Jequitinhonha. Durante os três dias de seminário, as quitandas regionais da Cozinha Sabor e Glória, integrante do projeto, serão servidas. A cozinha faz parte do Programa Cozinhas Comunitárias Sertanejas, do Governo de Minas, sob a coordenação da Secretaria de Estado Extraordinária para o Desenvolvimento dos Vales do Jequitinhonha, Mucuri e do Norte de Minas (Sedvan) e Instituto de Desenvolvimento do Norte e Nordeste de Minas (Idene). De acordo com a diretora regional do Idene do Jequitinhonha, Margareth Durães, a participação no evento reflete as boas referências da Cozinha Comunitária. “Tudo é muito bem preparado e a fama das cozinheiras corre a cidade”, diz. Sirléia Aparecida de Paula Costa, integrante da Cozinha, considera a oportunidade uma grande conquista. “Poderemos mostrar nosso talento, nossa culinária, em que tudo é feito de forma bem mineira, com toques de produtos da região. Todos verão o que nós temos condições de fazer e, com certeza, ficarão satisfeitos”, afirma. O programa Turismo Solidário, do Governo de Minas, também vai participar do evento, que espera reunir cerca de 800 pessoas. Marina Magalhães, coordenadora do programa, lembra que os turistas que visitam o Vale do Jequitinhonha está interessado em vivenciar toda realidade histórica, patrimonial, cultural e gastronômica da região, “daí a importância de todas as áreas estarem representadas no seminário”, diz. O I Seminário Turismo de Inclusão – Ecoturismo é uma iniciativa da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural, Instituto Estadual de Florestas, Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri – UFVJM e Associação Diamantina Sempre Viva, e será realizado no Anfiteatro da UFVJM, à Rua da Glória, 187, em Diamantina. Cozinhas Comunitárias e turismo O projeto equipa cozinhas e incentiva a geração de renda, valorizando a culinária regional, além de incentivar o associativismo e o cooperativismo entre as comunidades. Até o momento, 19 associações comunitárias em diferentes municípios já foram contempladas, incluindo uma comunidade quilombola. Já foram capacitadas 1.056 pessoas para a gestão sustentável e operação das cozinhas e gerados cerca de 540 empregos diretos em 30 municípios beneficiados. O Turismo Solidário é tem como principal objetivo incentivar o crescimento do fluxo de turismo na região do Vale do Jequitinhonha e Norte, contribuindo para o desenvolvimento das comunidades locais, que são capacitadas para receber os turistas em suas próprias casas. Atualmente o programa está em 20 municípios e distritos do Vale do Jequitinhonha e Norte: Alecrim, Bonfim, Cachoeira do Norte, Cafezal, Campo Alegre, Campo Buriti/ Coqueiro Campo, Capivari, Chapada do Norte, Couto de Magalhães de Minas, Extrema, Gangorras, Grão Mogol, Mato Grosso/ Ribeirão, Mendanha, Milho Verde, Santa Rita, São Gonçalo do Rio das Pedras, São Gonçalo do Rio Preto, São João da Chapada e Serro.

Municípios mineiros participam de mobilização para combater o fumo

FOTOS DIVULGAÇÃO

O Dia Nacional de Combate ao Fumo é comemorado em 29 de agosto e tem como objetivo reforçar as ações nacionais de sensibilização da população sobre os danos sociais, políticos, econômicos e ambientais causados pelo tabaco. Em Uberlândia, Triângulo Mineiro, nesta sexta-feira (29), será montada na Praça Tubal Vilela, no centro da cidade, uma tenda que abrigará trabalhadores da área de saúde para atender e conscientizar a população, além da distribuição de folderes informativos sobre os malefícios causados pelo hábito de fumar. Atores, promotores e animadores vestidos a caráter vão sensibilizar a população sobre a importância do combate ao tabagismo. O evento será realizado de 8h às 20h. As ações serão coordenadas pela Secretaria de Estado de Saúde (SES) em parceria com a Subsecretaria de Políticas Antidrogas, da Secretaria de Estado de Esportes e Juventude. “Ambientes 100% Livres de Fumo: um direito de todos” é o lema da campanha, que visa conscientizar os cidadãos sobre os danos causados pelo tabaco e a existência da Lei Federal nº 9294/96, que proíbe o fumo em ambientes coletivos fechados. Ações semelhantes serão realizadas em Montes Claros, Varginha, Juiz de Fora, Ituiutaba, Divinópolis, Coronel Fabriciano, Governador Valadares, Passos, Caratinga, Poços de Caldas, Itabira, Sete Lagoas, Uberaba, Belo Horizonte, com extensa mobilização para a implementação de medidas de combate ao fumo. Histórico Segundo o Banco Mundial, o consumo do fumo gera uma perda mundial de 200 bilhões de dólares por ano, representados por: sobrecarga do sistema de saúde com tratamento das doenças causadas pelo fumo; mortes precoces de cidadãos em idade produtiva; maior índice de aposentadoria precoce; faltas ao trabalho de 33 a 45% a mais; menor rendimento no trabalho; redução da qualidade de vida do fumante e de sua família, dentre outros fatores. Estima-se que, no Brasil, a cada ano, 200 mil pessoas morram precocemente devido às doenças causadas pelo tabagismo, número que não pára de aumentar (OPAS- Organização Pan Americana de Saúde/2002). E ainda, é mais preocupante ao analisamos que pelo menos 2.655 não-fumantes morrem a cada ano no Brasil por doenças atribuíveis ao tabagismo passivo, conforme demonstrou o estudo Mortalidade atribuível ao tabagismo passivo na população brasileira, realizado por pesquisadores do Instituto Nacional de Câncer (INCA) e do Instituto de Estudos de Saúde Coletiva da UFRJ. No Brasil, a Lei Federal proíbe fumar em recintos coletivos, mas ainda permite fumar em “áreas destinadas exclusivamente a esse fim, devidamente isoladas e com arejamento conveniente”. Entretanto, está defasada em relação às melhores práticas preconizadas pela Organização Mundial de Saúde e pela Convenção Quadro para Controle do Tabaco, que recomendam ambientes 100% livres do fumo como a única forma de proteger os não-fumantes dos riscos do tabagismo passivo. O tabagismo ainda pode causar: ð impotência sexual no homem; ð complicações na gravidez; ð aneurismas arteriais; ð úlcera do aparelho digestivo; ð infecções respiratórias; ð trombose vascular.

Minas Gerais reduz fila para transplantes de córneas

FOTOS: Mochélle Toledo


Pela primeira vez, desde 1998, a fila de espera por uma córnea no Complexo MG Transplantes ficou abaixo de mil pacientes: a lista fechou em julho com 989 nomes. O volume menor é resultado do processo de redução do tempo de espera e do aumento do número de transplantes de córneas realizado no Estado. Em julho, a captação de córneas bateu recorde, com 312 doações. Segundo o coordenador do Núcleo de Córneas, Paulo Lener, atualmente o tempo de espera por uma córnea é de um ano e três meses, enquanto que, há um ano, era de 20 meses. “A meta para daqui a um ano é reduzir o tempo de espera para, no máximo, cinco meses, levando-se em consideração que todos os meses entram cerca de 100 pacientes na fila”, explicou. Crianças até 7 anos têm prioridade e não esperam mais do que dez dias na fila e as urgências, geralmente, não passam de 24 horas. O transplante de córneas é indicado nos casos em que a pessoa tem baixa visual decorrente de alguma doença da córnea. As mais comuns são a ceratopatia bolhosa (edema da córnea) ceratocone (afinamento central da córnea), cicatrizes corneanas por traumatismo ou infecções. Recorde No primeiro semestre de 2008, o Complexo MG Transplantes bateu todos os recordes desde a sua fundação, em 1992, em número de captações e transplantes. Foram captados 1.870 e transplantados 1.039 órgãos e tecidos. Com a previsão de realizar 2.062 transplantes este ano, o Complexo MG Transplantes também vai bater o recorde anual, desde a sua criação. O crescimento no número de captações de órgãos e tecido se deve a um trabalho intenso que a direção do Complexo MG Transplantes vem fazendo junto às regionais, às comissões intra-hospitalares e divulgação da importância da doação, com palestras em empresas, faculdades, igrejas e outros públicos. Minas é o segundo estado do país em transplantes e tem um dos menores tempos de espera. Até julho deste ano foram realizados 1.214 transplantes e 4.133 estão na fila de espera. Referência nacional O Banco de Olhos do Hospital João XXIII é referência nacional e um dos melhores do país. Classificado pela Associação Panamericana de Banco de Olhos-Apabo com padrão de excelência em termos de equipamentos, a unidade já serviu de modelo para implantação de outros bancos, além de ser referência para treinamento de técnicos de outras localidades. A Apabo tem sede nos Estados Unidos e escritório em diversos países e tem atuação muito importante no sentido de profissionalizar o funcionamento de Banco de Olhos em todo o Continente Americano Seguindo 100% das normas internacionais, o Banco de Olhos do Hospital João XXIII foi implantado em 2005, na gestão do governador Aécio Neves, com equipamentos de última geração e investimentos de R$ 300 mil. De acordo com a diretora responsável técnica adjunta pelo banco, Márcia Salomão, um dos aparelhos adquiridos é o microscópio especular, o primeiro instalado em Minas e um dos melhores que existem no mundo para avaliação do número de células da camada endotelial da córnea, além de ser específico para Banco de olhos. É por meio do microscópio especular e da lâmpada de fenda que se avalia a qualidade da córnea de doadores. Outro aparelho é a Câmara de Segurança Biológica, a chamada capela. É nela que é feita a preservação da córnea doada, evitando a contaminação do tecido e riscos para a equipe do banco. O Banco de Olhos de Belo Horizonte presta consultoria à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e ao Sistema Nacional de Transplantes na revisão da normatização dos bancos de olhos do país. Em Minas, os municípios de Alfenas, Juiz de Fora e Uberlândia também possuem bancos de olhos e, nos próximos meses, será inaugurado um em Governador Valadares. Os bancos de tecidos oculares humanos têm uma importante atuação, como ressalta Paulo Lener, desde a captação nos doadores, a retirada, análise e avaliação da córnea doada, garantindo a qualidade no transplante. Para ser doador de córneas não existe limite de idade, basta que a pessoa tenha mais de dois anos, não tenha morrido de infecção generalizada, Aids, Hepatite B ou C ou doença desconhecida. A fila é única e as cirurgias podem ser realizadas pelo Sistema Único de Saúde (SUS), convênio ou particular e o tempo de espera é o mesmo para todos. Informações sobre doações de transplantes - 0800.2837183.

Amams quer instituir o "Dia dos Gerais"

FOTOS DIVULGAÇÃO
Aproveitando a realização da Audiência Pública da Comissão de Cultura da Assembléia Legislativa de Minas Gerais em Matias Cardoso, na última quinta-feira, 21, sobre o roubo de três peças sacras do século XVIII da Igreja Nossa Senhora da Conceição, a Associação dos Municípios da Área Mineira da Sudene (Amams) e representantes do Movimento Catrumano, aproveitaram para mostrar historicamente porque o Norte de Minas merece ter o "Dia dos Gerais".Na proposta apresentada, Matias Cardoso deve ser o município que abrigará o evento com data cívica agendada para o dia 8 de dezembro de cada ano.Na próxima segunda-feira, primeiro de setembro, na sede da Amams, às 15 horas, a direção da entidade se reunirá com os membros do Movimento Catrumano para apresentar o Projeto de Lei (PL) que foi elaborado e redigido pelo juiz de Direito Bruno Terra e que será encaminhado aos prefeitos dos 92 municípios do Norte de Minas com o objetivo de instituir 8 de dezembro de cada ano como o “Dia dos Gerais”, como homenagem ao surgimento da sociedade norte-mineira e da cultura própria que caracteriza esta região. Fonte: JN.

Apae promove semana do excepcional

FOTOS XU MEDEIROS


A Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de Montes Claros (Apae/Moc), entidade de utilidade pública municipal e filantrópica, está realizando durante esta semana uma série de atividades para marcar a Semana do Excepcional 2008. Paralelamente às atividades propostas pela instituição acontece a Semana Municipal da Pessoa com Deficiente.A programação começou no último domingo com Missa na Igreja São Sebastião, e contou com o apoio da Coordenadoria de Apoio e Assistência à Pessoa com Deficiência (CAAD) e Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência.Na segunda-feira, começou a mostra das atividades realizadas nas oficinas da APAE no Hall da prefeitura Municipal de Montes Claros e passeata para sensibilização com todos os alunos das escolas especiais, pelas principais ruas da cidade.Nessa terça-feira aconteceram atividade no Parque Municipal Milton Prates e passeio ao Zoológico Municipal Milton Sátiro de Araújo (Pernambuco) quando ocorreram diversas atividades recreativas.Nesta quarta-feira acontece a divulgação da Apae em diversos pontos da cidade pelos seus funcionários. (Shopping Popular, Shopping Montes Claros, Rodoviária e Universidades e Faculdades de Montes Claros).Ainda nesta quarta, dentro da instituição acontece uma sessão de cinema para professores e alunos com o filme “Pingüim” no turno matutino. A partir das 10h, acontece uma Gincana educativa com participação de supervisores e professores.No período da tarde, a partir das 13h30min, apresentação do Grupo de Caboclinhos e show da Xuxa no data show para alunos e professores. Fonte JN.

DEIXA O GOVERNO TALENTO TRABALHAR...

FOTOS XU MEDEIROS
Parece milagre, mas é verdade. Contrariando uma prática verificada nos últimos quase quatro anos, máquinas a serviço da prefeitura de Montes Claros inauguraram, na noite desta terça-feira, o segundo turno, pouco mais de um mês antes da realização do primeiro turno das eleições de outubro. A informação é de que o lufa-lufa inusitado prosseguiria até as 10 da noite.
O fato, pelo inusitado, causou estranheza a moradores, transeuntes e, principalmente, motoristas e mototaxistas, que durante todo o dia foram impedidos de utilizar toda a extensão da Avenida Ovídio de Abreu, onde se concentrou o aparato de obras do governo tido como talento...O caráter eleitoreiro da reconstrução do asfalto da Ovídio de Abreu, que não pode ser barrado pela justiça, é, apesar disso, uma demonstração do quanto faz bem a democracia. Daí a sabedoria do ditado popular, segundo o qual eleição deveria acontecer todos os anos...

terça-feira, 26 de agosto de 2008

EDITORIAL - AS BRUXAS ESTÃO DE VOLTA


Reginauro Silva
De repente, não mais que de repente as forças do antanho, do ultrapassado, do retrocesso voltam a circular sob as sombras das madrugadas de Montes Claros. Como se voltássemos aos tenebrosos tempos da ditadura, de terrível memória, lacaios sob o comando de coronéis tidos como extirpados do cenário político voltam a usar a máscara da escuridão para acordar os homens de bem desta cidade com uma publicação assaz marrom, mantida pela moeda suja da corrupção e do aluguel de sua inconsciência editorial.
Usando dois jornais inexpressivos, de circulação praticamente nula em Montes Claros, essas viúvas do obscurantismo inflaram uma tiragem de algumas centenas para duas dezenas de milhares de exemplares jogados de porta em porta, na mais repugnante prática terrorista que o Brasil procura varrer para os desvãos da história.
Mal sabem esses cultores da mentira e ultrajadores da verdade que inações escabrosas como essas não coadunam com a era de liberdade de expressão obtida a duras penas por baluartes do porte de Ulisses Guimarães, Barbosa Lima Sobrinho, Carlos Castello Branco, Teotônio Vilela e Tancredo Neves, até desembocar na Constituição Federal de 1988. Ignorando o que dispõe a Carta Magna, tenta essa camarilha barrar o avanço de cidadãos que propugnam pelo desenvolvimento de Montes Claros e, por extensão, do Norte de Minas. Querem - a ferro e fogo - castrar o desejo de realização dos que propõem um novo tempo para os norte mineiros em geral e montes-clarenses em particular.
Têm como escopo - esses arcaicos mentecaptos - fazer sobrepor a política antiga sobre a moderna, adotando métodos condenáveis sob todos os aspectos contra o livre pensar da comunidade eleitoral que, em 5 de outubro, saberá distinguir entre os que pleiteiam um revolucionário programa de governo construtivista e os que teimam, tão somente, em revolver o baú de bruxarias em que mergulham sempre que vêem ameaçado o império do ódio e da destemperança.
Mas, como de outras vezes, deverão ser vítimas do próprio veneno que começam a semear sobre a sociedade de Montes Claros

Norte de Minas debate sobre gerenciamento dos resíduos de serviços de saúde

FOTOS XU MEDEIROS

Com o objetivo de apresentar as ações relacionadas ao gerenciamento dos resíduos de serviços de saúde em Minas Gerais, a Superintendência de Vigilância Sanitária da Secretaria de Estado de Saúde, em parceria com a Fundação Estadual do Meio Ambiente (FEAM), Secretaria de Estado de Desenvolvimento Regional e Política Urbana (SEDRU) e o Centro de Desenvolvimento da Energia Nuclear (CDTN/CNEN) promove nesta quarta-feira, 27, o II Seminário sobre gerenciamento dos Resíduos de serviços de saúde.
O seminário acontece do auditório da Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes), de 8h às 18h, e é voltado para Secretários Municipais de Saúde e Meio Ambiente, técnicos da Vigilância Sanitária e Meio Ambiente, gerentes de aterros sanitários e serviços de limpeza urbana.
Em sua segunda edição – a primeira aconteceu em 2007 -, o seminário faz parte de um ciclo, com base no Projeto Mineiro de Saúde e Ambiente Sustentáveis, que acontece nas GRS do Estado, com objetivo de capacitar técnicos da saúde e do meio ambiente dos municípios para orientar, informar e fiscalizar a implantação do Plano de Gerenciamento de Resíduos de Serviços de Saúde (PGRSS), na fase intra e extra estabelecimentos, além de contribuir para a integração das ações dos órgãos do meio ambiente, limpeza urbana e vigilância sanitária.
Neste ano, o seminário acontece nos municípios de Conselheiro Lafayete, Teófilo Otoni, Patos de Minas, Montes Claros, Itajubá e Juiz de Fora, no período de 18 de junho a 10 de setembro.
Em Montes Claros, o seminário será desenvolvido a partir de aulas expositivas apresentadas pela representante do CDTN, Noil Cussiol e representantes da Vigilância Sanitária e dos órgãos do meio ambiente.
Durante o seminário, serão apresentados o Projeto Mineiro Saúde e Ambiente Sustentáveis; as ações da Vigilância Sanitária; o transporte sanitário de resíduos realizado pela Secretaria de Estado de Saúde; e como é feito o gerenciamento de resíduos em Montes Claros.
A programação também inclui apresentação das ações da FEAM, da Associação dos Municípios Mineiros (AMM) e da (SEDRU).
Segundo o coordenador da Vigilância Sanitária da GRS-MOC, Walcir Mendes Filho, a expectativa é que, ao final do seminário, os participantes tenham adquirido os conhecimentos necessários para a elaboração e implantação dos Planos de Gerenciamento de Resíduos de Serviços de Saúde e conhecido todas as etapas que compõem o manejo e destinação adequada destes resíduos. “A proposta é que esses conhecimentos sejam multiplicados para geradores de resíduos de serviços de saúde e técnicos do meio ambiente dos municípios”, completa.
Para a técnica da Gerência de Vigilância de Estabelecimentos de Saúde, Elaine Coelho Gonçalves o ciclo de seminários surgiu da necessidade de se encontrar soluções para os problemas de vigilância sanitária e ambiental relacionados aos resíduos, proporcionando um melhor serviço de saúde pública e, conseqüentemente, mais qualidade de vida para a população. “Na questão dos resíduos, o governo de Minas busca uma solução transversal, com ações interdisciplinares e intersetoriais. Através do ciclo de seminários estamos preparando todos os atores do processo para lidar com os resíduos desde a geração até o destino final, visando preservar o meio ambiente, diminuir riscos de contaminações de diversos tipos e promover confiabilidade ao cidadão quando necessita usar algum serviço de saúde. O grande desafio é construir aterros sanitários que atendam a todo o estado e o debate sobre o assunto representa um avanço para vencer esse desafio”, ressalta.

O Projeto

O Projeto Mineiro de Saúde e Ambiente Sustentáveis propõe avaliar e disponibilizar soluções para a segregação, tratamento e disposição final dos resíduos de serviço de saúde de forma a abranger todas as suas particularidades e desdobramentos. Também pretende sensibilizar o poder público, os geradores e a sociedade quanto à importância da redução da geração dos resíduos, minimizando, conseqüentemente, os sérios impactos no meio ambiente e na saúde pública e do trabalhador.

Empresa aérea troca Montes Claros e Uberaba por vôos no Nordeste

FOTO DIVULGAÇÃO

A OceanAir confirmou sua saída de Montes Claros, a partir do dia 1º de outubro. A última viagem será na terça-feira, 30 de setembro. A empresa não revelou o motivo para deixar de voar para Montes Claros. A assessoria de comunicação afirmou que se trata de mudanças na malha aérea que a empresa vem fazendo. Além de Montes Claros, Uberaba também deixará de integrar as rotas da OcanAir, que passará a atender a três novos destinos das regiões Norte e Nordeste. São eles: Manaus (Amazonas), Aracaju (Sergipe) e Juazeiro do Norte (Ceará). A OceanAir faz vôos de segunda à sexta-feira, às 14h15, entre Montes Claros e Belo Horizonte, Rio de Janeiro, São Paulo, Uberaba, Florianópolis e Chapecó, com escalas. Para Belo Horizonte, a tarifa é de 235 reais. montesclaros.com

Ruy Muniz vê manobras contra sua candidatura

FOTO XUMEDEIROS

Não é verdadeira, conforme release enviado ao JORNAL DE NOTÍCIAS pela Assessoria de Imprensa da campanha do candidato a prefeito de Montes Claros, Ruy Muniz, matéria que circulou no jornal O Tempo, de Belo Horizonte, na edição desse domingo, com o título “Ruy Muniz é investigado por rombo de 100 mi”. Segundo o Assessor Edmilson Guimarães, as "inverdades estampadas nas páginas dos jornais Tempo e Super, informativos que pertencem ao mesmo grupo empresarial, levaram o deputado Ruy Muniz a recorrer à Justiça solicitando direito de resposta". O release afirma que "o objetivo claro é de atingir o deputado Ruy Muniz, candidato a prefeito de Montes Claros, um associado atuante na Instituição, apesar de não ocupar atualmente nenhum do realizado na instituição, que pelo simples fato de ser filantrópica e assinar convênios com o Governo Federal, é alvo permanente de fiscalizações por parte de órgãos como o Ministério do Trabalho, INSS e Controladoria Geral da União". JN

segunda-feira, 25 de agosto de 2008

Candidato a prefeito Ruy Muniz processa jornais por calúnias

FOTOS XU MEDEIROS

Inverdades estampadas nas páginas dos jornais O Tempo e Super, informativos que pertencem ao mesmo grupo empresarial, levaram o deputado Ruy Muniz a recorrer à Justiça solicitando direito de resposta. O objetivo claro é de atingir o deputado Ruy Muniz, candidato a prefeito de Montes Claros, um associado atuante na Instituição, apesar de não ocupar atualmente nenhum cargo na Soebras. O episódio demonstra a preocupação dos adversários em relação ao desempenho do candidato e a intenção de alguns concorrentes em baixar o nível da campanha. O fato de milhares de exemplares dos dois jornais estarem sendo distribuídos gratuitamente nas ruas da cidade, episódio registrado em ocorrência policial, comprova se tratar de um esquema armado na tentativa de prejudicar a imagem do candidato Ruy Muniz.
Ao afirmar que Ruy Muniz é investigado por rombo de 100 mi a reportagem não diz a verdade. Não existe nenhum tipo de devassa sendo realizado na instituição, que pelo simples fato de ser filantrópica e assinar convênios com o Governo Federal, é alvo permanente de fiscalizações por parte de órgãos como o Ministério do Trabalho, INSS e Controladoria Geral da União. O trabalho, como comprova ofício enviado em 24 de agosto de 2007, está sendo realizado simultaneamente em todas instituições do país. Fiscalizações que a Associação considera importantes para garantir uma gestão séria e eficaz, e que são freqüentemente realizadas não só na Soebras, mas também em todas as outras instituições filantrópicas do país. É fundamental ainda ressaltar que quem vem sendo fiscalizada é a instituição, que possui o título de filantropia e assina convênios com o governo federal, e não o médico, educador e deputado Ruy Muniz, como tenta fazer parecer a reportagem.
Outras inverdades contidas dão conta da abordagem tendenciosa da publicação, que em momento algum, como reza o bom jornalismo, cita ou ouve qualquer fonte oficial que seria responsável pela denúncia. Utilizando sempre expressões como pode ter, teria feito, segundo investigações, teria sido montado, o autor da reportagem falta com a verdade ao afirmar que a diretoria da Soebras não foi eleita em assembléia ou que uma auditoria do INSS levou à perda do título de filantropia municipal, quando se sabe que na verdade a cassação teve motivos meramente políticos, tendo sido orquestrada por pessoas ligadas a atual administração, da qual Ruy Muniz é adversário político. Tanto que os títulos de filantropia estadual e federal foram mantidos intactos, e o municipal está sendo discutido na Justiça.
O jornal chega ao ponto de estampar a manchete Sonegação de Impostos ao mesmo tempo em que explica no texto da matéria que por ser uma entidade filantrópica a Soebras está isenta do pagamento de impostos federais, estaduais e municipais, e ainda atribui a Ruy Muniz um império composto de empresas ou que pertencem à Soebras ou que nem mesmo fazem parte da instituição, como a Papelaria Xodó, a Psicotrans e a Rádio Expressão, e ainda o Hospital Hilton Rocha, que na verdade é gerido pela instituição em cumprimento a um Termo de Ajustamento de Conduta proposto pelo Ministério Público da Capital.
Vale ainda lembrar que a única autoridade citada pela reportagem, o auditor Antônio Roberto de Souza, possui pendências judiciais com a Soebras, sendo ao mesmo tempo autor e réu em ações em curso, se tratando portando de fonte diretamente interessada.
Outro fato que causa estranheza é que, no mesmo dia da publicação, a editora responsável pelos jornais estranhamente disponibilizou nada menos que 10 mil exemplares que estavam sendo distribuídos gratuitamente de casa em casa em Montes Claros, e que acabaram sendo apreendidos. Fato no mínimo estranho e, com certeza, planejado com o objetivo de prejudicar o candidato a prefeito Ruy Muniz. Política rasteira que, imaginava-se, havia sido enterrada no passado.

Obras provocam racionamento de água em 50% dos bairros da cidade

FOTO XUMEDEIROS

Em contato com este BLOG DO XU MEDEIROS o supervisor de produção e manutenção da Copasa Sóter Magno revela que em função da interligação da 2° adutora de água bruta do Sistema Verde Grande o abastecimento de água ficou comprometido no último final de semana.
Explica que o reflexo vai produzir mais água para a cidade sendo inevitável esta falta de abastecimento.
Sóter afirma que o abastecimento deverá voltar ao normal amanhã quarta-feira, 27.
BAIRROS
Ele revela que a falta de água acontece principalmente nos bairros da parte alta da cidade, como por exemplo, Cintra, Nossa Senhora de Fátima, Delfino Magalhães, Maracanã e Santos Reis.
- A Copasa sugere a população que tenha consciência no uso da água e reduza o consumo aos serviços essenciais – conclui.

Tráfico tem baixa de 25 quilos de droga





Repórter Renata Martins
O motorista Amilton Pereira Salgado foi preso na noite de quinta-feira, 21, transportando maconha e crack que seriam entregues a outros dois traficantes na cidade de Salinas. Foram apreendidos 25 quilos das drogas.
Polícia federal apreende cerca de 25 quilos de drogas Segundo o delegado da polícia federal Marcelo Eduardo Freitas o uso de taxistas neste tipo de trabalho é cada vez mais comum. Os taxistas conhecidos como mulas são contratados para fazer entrega de encomendas em cidades vizinhas de forma que não levantem suspeitas.
A investigação da PF começou há cerca de quatro meses, e de acordo com o delegado, o serviço de inteligência faz constantes rastreamentos e esta identificando motoristas suspeitos de fazer transporte de produtos ilegais.
As pessoas que receberiam a mercadoria já foram identificadas.
A prisão foi feita em um posto fiscal na BR 251 entre as cidades de Montes Claros e Salinas.
ROTA
Neste ano, até agora a polícia federal já apreendeu 100 quilos de drogas, na região considerada a rota do tráfico.
- Esse tipo de trabalho trás grande prejuízo para o tráfico local diminuindo a força e credibilidade dos traficantes – conclui Marcelo Eduardo.

Ipê roxo dá sinal que a primavera está próxima...

FOTO XU MEDEIROS
A primavera se aproxima e, com ela, o renascimento das plantas, na explosão de suas flores. Não só os parques e jardins, campos e pomares ostentam o vigor e a beleza da estação de todas as cores. Também na zona urbana a natureza se reapresenta inteira em espécies como o ipê e suas variações, suas tonalidades: rosa, amarela, branca, vermelha, lilás, furta-cor...
Um pouco dessa manifestação divina pode ser contemplada no Centro de Montes Claros, ali mesmo na Praça da Catedral, onde um radiante ipê-roxo exibe a magia da estação. Nem é preciso esperar setembro chegar...

sexta-feira, 22 de agosto de 2008

Prêmio Célio de Castro contempla hospitais do Norte de Minas


Mais uma vez a qualidade da saúde do Norte de Minas é reconhecida. Desta vez, com a conquista da indicação para o Prêmio Célio de Castro, que contempla os hospitais integrantes do Pro-Hosp que têm se destacado em relação à gestão da qualidade e apresentado as melhores práticas, com base em critérios definidos pela Organização Nacional de Acreditação (ONA) e pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA).
Dentre 126 hospitais aptos a participar do concurso, foram selecionados vinte hospitais para a segunda etapa de avaliação. Seis são do Norte de Minas, sendo três de Montes Claros (Hospital Universitário Clemente Faria, Aroldo Tourinho e Nossa Senhora das Mercês - Santa Casa); um de Coração de Jesus (Hospital São Vicente de Paulo); um de Francisco Sá (Hospital Municipal de Francisco Sá); e um de Janaúba – Fundação de Ação Social de Janaúba.
Nesta segunda etapa de avaliação, as instituições selecionadas receberão a visita presencial de avaliação, que vai identificar as evidências objetivas dos critérios estabelecidos no Instrumento de Avaliação Inicial da Qualidade.
A visita será realizada por, no mínimo, três membros do Núcleo de Gestão da Qualidade e convidados, e ocorrerá no período de agosto a outubro de 2008. Os Relatórios de Visita e os Certificados de Acreditação ONA dos hospitais serão submetidos à análise final da Comissão Julgadora, que definirá os hospitais premiados.
“Desde a implantação do Pro-Hosp, em 2003, os hospitais contemplados pelo programa tiveram uma grande melhoria na estrutura física. Agora o programa também investe em equipamentos, recursos humanos e em atendimento de urgência e emergência – nesse último quesito, inclusive, a Macro Norte é piloto e serve de modelo para todo o país. A indicação dos hospitais da jurisdição de Gerência Regional de Montes Claros se justifica, mas não deixa de ser uma grata surpresa. Temos muita confiança de que alguns dos hospitais indicados na região estarão entre os quatro primeiros colocados”, ressalta Alfredo Prates Neto, coordenador da Assistência à Saúde da GRS-MOC.
O provedor do hospital Aroldo Tourinho, José Geraldo de Freitas Drummond diz que o prêmio honra qualquer instituição que o receba. “Além de um grande político, Célio de Castro foi um homem que dedicou sua vida à causa da saúde. Não se trata de uma disputa e seja qual for a instituição premiada, será um importante investimento na saúde pública. Claro que estamos aguardando e torcendo para estar entre os finalistas. O Aroldo Tourinho vem se esforçando para cumprir todas as etapas para adquirir a credencial de excelência e a indicação para o prêmio Célio de Castro mostra que estamos no caminho certo”.


Premiação

As quatro instituições vencedoras receberão troféu e prêmio em dinheiro no valor de 1.000.000,00 (um milhão de reais), sendo: 1º Lugar - R$ 400.000,00 (quatrocentos mil reais); 2º Lugar - R$ 300.000,00 (trezentos mil reais); 3º Lugar - R$ 200.000,00 (duzentos mil reais); e 4º Lugar - R$ 100.000,00 (cem mil reais). Conforme edital, o repasse dos recursos financeiros será feito mediante a celebração de convênios.
O investimento dos recursos do convênio do hospital vencedor enquadrado nas categorias “Acreditado Pleno” e “Hospitais com Certificado de Acreditação ONA, correspondente ao nível” deverá ser direcionado à aplicação em gestão da qualidade, a fim de contribuir com a melhoria do seu nível de acreditação.
Caso o vencedor esteja enquadrado na categoria “Hospitais não acreditados”, o investimento dos recursos do convênio deverá ser direcionado à aplicação em gestão da qualidade, a fim de prepará-lo para a acreditação.
Em caso de empate nas pontuações, a Comissão Julgadora utilizará, como critério de desempate, o desempenho dos hospitais no cumprimento das metas pactuadas no Termo de Compromisso do Pro-Hosp, na competência vigente, extraído do relatório de avaliação. Os recursos financeiros correrão por conta da fonte de recursos nº 4291.10.302.044.4308.0001.335043 - 10.1 e 4291.10.302.044.4308.0001.445042 - 10.1, do Tesouro Estadual.
Para a diretora da GRS-MOC, o Pro-Hosp representa um avanço na qualidade do serviço de saúde e o Prêmio Célio de Casto é um importante incentivo para que os hospitais continuem se empenhando em buscar por essa qualidade, dia a dia. “Antes do Pro-Hosp, muitos hospitais enfrentavam problemas estruturais e financeiros. Hoje, essa realidade é diferente, e as instituições que participam do programa passaram a oferecer mais resolubilidade e qualidade nos serviços prestados. Além de representar um importante incentivo financeiro, o Prêmio Célio de Castro se configura como uma oportunidade de atestar a efetiva aplicação das políticas públicas de saúde desenvolvidas pelo governo do Estado”.

Resultado

Segundo a diretora administrativa do Hospital Universitário Clemente Faria, Joelina da Conceição Alves de Almeida, a indicação é motivo de grande contentamento. “São duas as expectativas: a primeira é estar entre os dez primeiros colocados para conseguir a auditoria de creditação, para que o HU posse se certificar no nível 1 (Acreditado). A segunda é estar entre os quatro primeiros colocados e sermos agraciados com o prêmio. Com o recurso do Pro-Hosp, o HU vem apresentando uma grande evolução. Foram muitas melhorias e temos feito grande esforço para conseguir melhorar ainda mais”, comemora.
Sobre a indicação de seis hospitais da Macro Norte, José Geraldo Drumond diz que é um comprovação da equidade das políticas públicas adotadas pelo Estado, através da Secretaria de Saúde. “A região que tem menos recebe maior atenção, diminuindo as desigualdades, por isso, apresenta melhores resultados”, pondera.
Os resultados finais serão divulgados pela Secretaria de Estado de Saúde no endereço eletrônico www.saude.mg.gov.br e no “Minas Gerais” e a entrega dos prêmios será realizada em sessão solene até o final de 2008.

Autor: Jerúsia Arruda

quinta-feira, 21 de agosto de 2008

Alvinegro chega a seqüência inédita no Campeonato Brasileiro

GLOBOESPORTE.COM Rio de Janeiro

O resultado alcançado no Engenhão na última quarta-feira não serviu apenas para consolidar o Botafogo como candidato à vaga na Libertadores e à briga pelo título. O placar de 1 a 0 sobre o Cruzeiro foi a sexta vitória consecutiva no Campeonato Brasileiro, algo que jamais o Alvinegro havia conseguido em sua história na competição. No último domingo, quando fez 1 a 0 sobre o Sport, o Botafogo igualou as marcas de 1992 e 1995, quando venceu cinco vezes seguidas na competição. Nas duas ocasiões, foi segundo e primeiro colocado, respectivamente. - Mais importante do que essa marca foi que ela significou nossa arrancada na competição. Essas vitórias foram determinantes para entrarmos no G-4. Vale lembrar que três delas aconteceram fora de casa. Para melhorar, ainda estamos conseguindo confirmar nosso mando de campo - explica o técnico Ney Franco

Cesariana em casa salva bebê no Vargem Grande

REPRODUÇÃO XU MEDEIROS REPÓRTE RENATA MARTINS
Um bebê prematuro de sete meses foi salvo pela equipe do Samu no Bairro Vargem Grande II, após sua mãe ser baleada dentro de casa. O que surpreendeu toda a família da vítima foi o fato de que Cristiane do Carmo Silva, 24 anos, estava grávida de gêmeos e o caso só foi descoberto no IML, no momento em que a autópsia estava sendo feita.
EXECUÇÃO
Cristiane estava deitada quando seu ex-namorado o menor J.M.R.J, de 17 anos, chegou pedindo alguns documentos à mulher.
Ex-namorado mata mulher grávida de sete meses(foto: DIVULGAÇÃO)
Não conformado com a situação J.M.R.J, quebrou a janela da sala e entrou na casa. Cristiane tentou se esconder no bainheiro, mas o acusado disparou vários tiros acertando a cabeça da moça que morreu minutos depois. Os vizinhos ouviram o tiro e chamaram a polícia e a equipe do Samu.
O médico Antônio Sérgio Barcala Jorge, explica que Cristiane estava morta quando e a equipe chegou. Porém por milagre, mesmo depois de 20 minutos a criança ainda estava viva.
Para salvar o bebê foi feita uma cesariana na casa da vítima. Entretanto, o outro bebê não foi descoberto.
- Se não fizéssemos a cirurgia, ele morreria em questão de minutos por falta de oxigênio. O bebê sofreu uma parada respiratória, foi reanimado e levado imediatamente para o hospital. Conseguimos salvar a vida de um inocente – conta emocionado o médico.
MILAGRE
Segundo o médico Rilton Ribeiro Brandão Teles que deu os primeiros atendimentos ao recém-nascido no hospital Universitário Clemente de Faria o bebê chegou bastante debilitado como qualquer prematuro.
- Ele chegou com insuficiência respiratória e o estado de saúde é grave. O médico destaca o trabalho do colega de profissão. Ele tomou a melhor decisão naquela hora. Em muitos casos de cessaria fora do hospital, os bebês não são salvos com vida - afirma.
CRIANÇA
O recém-nascido, um menino com 1,10 kg, está sendo atendido numa das salas de emergência do hospital, onde foi improvisado todo o serviço de uma UTI neonatal. Ainda não há previsão de alta já que a criança requer cuidados especiais
O pai do bebê foi apreendido quando tentava fugir de táxi para a cidade de Coração de Jesus. O menor foi apreendido.
REVOLTA
A mãe da vitima Lucilene do Carmo Silva está inconformada e toda a família quer justiça. O ex-marido de Cristiane diz que a mulher e os filhos sofriam constantes ameaças. Segundo José Jairo Rodrigues de Aguiar os três filhos dele com Cristiane viviam assustados e não gostavam do padrasto. De acordo com ele sua filha de sete anos foi ameaçada de estupro por J.M.R.J causando revolta em todos os amigos e parentes. Os três filhos Lucas de quatro anos, Amanda de seis e Fernanda de sete estão sob cuidado dos tios.-

quarta-feira, 20 de agosto de 2008

Macaco escapa de 100 policiais no centro de Tóquio



Um macaco escapou de mais de 100 policiais que tentavam capturá-lo na movimentada estação de metrô de Shibuya, em Tóquio, onde o animal permaneceu mais de duas horas pendurado em uma placa para depois fugir, segundo a TV local NHK.Especialistas do zoológico de Ueno, na capital japonesa, indicaram que o macaco poderia ser um animal de estimação extraviado ou uma espécie selvagem que chegou de uma montanha próxima.Durante as mais de duas horas em que o macaco permaneceu entre o teto e a placa que indicava "saída", os transeuntes aproveitaram para tirar fotos do animal e realizar vídeos com seus celulares.Apesar de os policiais contarem com uma grande equipe para caçar o macaco, este escapou rapidamente apesar de ter caído em uma armadilha para capturá-lo em um primeiro momento.Depois, os policiais seguiram buscando o macaco entre as movimentadas ruas do bairro de Shibuya. Ninguém foi ferido e não houve atrasos no metrô.Na semana passada em Tóquio também foram vistos macacos em Koganei, e nesta segunda-feira no distrito de Setagaya.

Funorte tenta terceira vitória consecutiva

FOTOS :XU MEDEIROS


Repórter:Heberth Halley
O líder da chave G com seis pontos, do campeonato mineiro júnior, o Funorte, terá um difícil compromisso hoje, às 20h, em Monte Carmelo, no estádio Sílvio Macedo, contra o Operário, que ocupa a quarta colocação com apenas um ponto, ou seja, um empate em dois jogos.
O treinador Edvaldo Bento comandou um treino na manhã de ontem e para o jogo de hoje deverá manter a mesma equipe que atuou na goleada em cima do Uberlândia, por 4 a 0. O zagueiro Gil ganhou a vaga de titular de Júnior no último jogo e inclusive marcou um gol, agradou ao técnico e deve permanecer na equipe.
O time montes-clarense se vencer continuar na liderança. A equipe está na frente até mesmo do Cruzeiro, no critério saldo de gols.
O Funorte deverá atuar com: Fredinho, Fabricinho, Gil, Martinez e Saulo, Diogo, Alemão, Felipe e Ualisson, Marlúcio e Tiago Pit Bull.
POR LÁ
Após o jogo contra o Operário, a delegação do Funorte nem volta para Montes Claros, vai direto para Belo Horizonte para o jogo de sábado, dia 23, às 15h, contra o Cruzeiro, na Toca da Raposa I.
O técnico Edvaldão conversou muito com os jogadores e para estes dois jogos quer somar pontos.
- Serão seis pontos disputados e sabemos que é preciso fazer uma boa apresentação nestes dois jogos e principalmente, somar pontos fora de casa. Estamos confiantes e focados nestas duas partidas – diz Edvaldão.

Sindicato consegue reajuste para trabalhadores na usina de biodiesel

FOTOS XU MEDEIROS


Repórter Samuel Nunes
De acordo com Juvenil Francisco, diretor do sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção Pesada de Minas Geraes, a entidade conseguiu junto à empresa Intecnial reajuste da ordem de 8,5% para os trabalhadores na usina de biodiesel. Ele explica que foram meses de negociações e inúmeros encontros no ministério do Trabalho, contudo, afirma que todo o esforço foi recompensado e a categoria pode comemorar, tendo em vista que o salário que antes era de R$ 454,00 passou para R$ 494,00.
Trabalhadores da Intecnial tem reajuste de 8,5% no salário(foto: XU MEDEIROS)
- Através da negociação foram assinadas algumas claúsulas que considero como relevante para a categoria. É bom ressaltar que o reajuste é retroativo a maio, que é o mês da data-base da categoria que onde acontece a convenção coletiva - informa.
CONQUISTA
O sindicalista comemora o fato de este reajuste contemplar também aquele trabalhador que não trabalha mais na Intecnial, fato considerado por ela como uma conquista das mais importantes.
Segundo Juvenil Francisco a vitória simboliza a luta da entidade junto com os trabalhadores quem têm a oportunidade de fazer suas homologações e reivindicações, aproximando cada vez mais do sindicato.
- As obras na usina de biodiesel têm previsão para ser entregue ainda no mês de agosto, mas independente disso ocorrer ou não vamos continuar trabalhando na defesa dos trabalhadores - afirma.
OPERÁRIOS
Juvenil revela ainda que o reajuste contempla todos os operários independente de tempo de casa na empresa. De acordo com o diretor do sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção Pesada de Minas Gerais, já tinha conseguido no mês de março deste ano reajuste de 10% nas horas-extras, passando de 50 para 60% para os empregados.
Explica que a empresa até então pagava as horas-extras para os trabalhadores de dois em dois meses, o que não é permitido por lei, mas a partir deste acordo, o benefício já está sendo pago até o 5° dia útil, o que ele considera uma conquista importante para a categoria.
- Com certeza que os operários têm no sindicato uma entidade onde todos os direitos têm que ser colocados em prática. Vamos continuar trabalhando para que mais benefícios sejam direcionados a classe – conclui.

Prefeitura só faz propaganda, dizem moradores

FOTOS XU MEDEIROS
Na propaganda paga com dinheiro do povo é sempre usada a frase de que a prefeitura faz...
Mas, na prática, as coisas são bem diferentes. Prova disso é manifestação que aconteceu ontem, terça-feira, na câmara municipal. Em clima de revolta e insatisfação, moradores do Bairro Alterosa reivindicavam a pavimentação de ruas em estado caótico e outras melhorias para aquela parte da cidade. Tudo isso incluído no chamado orçamento participativo, que não sai do papel.
Moradores do Alterosa se manifestam ontem na reuniãoda câmara municipal.

Brasília de Minas cresce mais do que Montes Claros

Foto: DIVULGAÇÃO

Dados divulgados no início da noite de ontem, terça-feira, pela secretaria de estado de Desenvolvimento Econômico, com base em informações do ministério do Trabalho e Emprego, refletem o crescimento de Minas Gerais como um todo e o definhamento de alguns municípios. De forma positiva se destaca Brasília de Minas, que cresceu 4,01%, ficando entre os dez mais. De outro lado, Montes Claros sequer figura no gráfico divulgado pelo governo, mantendo-se como uma das cidades que menos crescem no interior do país.
(foto: DIVULGAÇÃO)
Minas Gerais cresceu 0,95% em relação ao número de empregos existentes até o mês de junho, resultado melhor que a média brasileira de 0,67%. O estado continua na posição de segundo maior criador de empregos do país.
No acumulado do ano, as 100 cidades pesquisadas pelo ministério em Minas registram crescimento médio de 8,03% no número de empregos com carteira assinada. O Brasil criou, em média, 5,4% no mesmo período. No estado, foram criados 250.333 novos empregos nos últimos sete meses, o que corresponde a cerca de 1.175 novos postos por dia em 2008. Quatro setores apresentam já crescimento de dois dígitos: agricultura (35,32%), construção civil (15,71%), calçados (13,92%) e produção de alimentos e bebidas (11,88%). Nenhum ramo de atividade apresenta queda no número de postos.
Entre as cidades que mais cresceram proporcionalmente em julho aparecem Boa Esperança (7,61%) e Três Pontas (5,71%), ambas do Sul de Minas, Brasília de Minas (4,01%), do Norte de Minas, Patrocínio (3,48%), no Alto Paranaíba, Nova Serrana (3,37%), no Centro-Oeste. Unaí, no Noroeste, e Congonhas, na Região Central, dividem a nona colocação, com 3,31%.
Em números absolutos, o destaque foi novamente a capital, com 3.659 empregos criados em julho. Na segunda posição vem Nova Serrana, do Centro-Oeste do estado, com 699 postos. Três Pontas, no Sul, ocupa a terceira posição com 659 vagas. A lista das dez maiores segue com a campeã do crescimento relativo do mês, Novo Cruzeiro (626), Patrocínio (584), Contagem (573), Capelinha (549), Betim (540), Uberlândia (502) e Patos de Minas (440).
CRESCIMENTO PROPORCIONAL E ABSOLUTO POR MUNICÍPIO
Município
Crescimento (%)
1. NOVO CRUZEIRO
69,40
2. CAPELINHA
14,34
3. MINAS NOVAS
9,63
4. BOA ESPERANÇA
7,61
5. TRÊS PONTAS
5,71
6. BRASÍLIA DE MINAS
4,01
7. PATROCÍNIO
3,48
8. NOVA SERRANA
3,37
9. UNAÍ
3,31
CONGONHAS
3,31

Município
Crescimento (empregos)
1. BELO HORIZONTE
3.659
2. NOVA SERRANA
699
3. TRÊS PONTAS
659
4. NOVO CRUZEIRO
626
5. PATROCÍNIO
584
6. CONTAGEM
573
7. CAPELINHA
549
8. BETIM
540
9. UBERLÂNDIA
502
10. PATOS DE MINAS
440

terça-feira, 19 de agosto de 2008

:30º BPM: POLICIAIS DE ITACARAMBI PRENDEM PERIGOSA QUADRILHA COM DIVERSAS ARMAS DE FOGO, MUNIÇÕES E DROGAS:

FOTO POLICIA MILITA


Atendendo uma denúncia anônima, durante operação policial no município de Itacarambi, policiais militares daquele destacamento abordaram um táxi que trafegava pela BR 135 e localizaram em poder dos ocupantes uma pistola Imbel 380, nº de série 02444, municiada com 14 cartuchos; dois revólveres calibre 38 (um Taurus, nº de série jg92513, e um Smith e Wesson, nº de série 9547) municiados com 10 cartuchos intactos; um rifle calibre 22 municiado 20 cartuchos; uma garrucha calibre 38 municiada; 165 pedras de crack; R$36,95 em dinheiro; um celular Motora W 375 e um capuz de cor preta.
Foram presos em flagrante Francival Robes da Rocha, 23 anos; Valdir Gonçalves Nascimento, 31 anos; Denise Pereira, 23 anos; Valdir Gonçalves Nascimento, 31 anos; Denize Pereira Rocha, 34 anos e um adolescente em conflito com a lei.
A quadrilha atuava no tráfico de drogas e roubos na região e vinha sendo procurada pelo serviço de inteligência do 30º BPM.
A PM procura ainda por um homem conhecido como “Otomiro”, infrator conhecido por tráfico de drogas, irmão de dois dos autores presos.
Fato registrado às 14h30 de ontem (16/08) em Itacarambi.

POLICIAIS DO PROERD SÃO HOMENAGEADOS EM MONTES CLAROS:

O Conselho Maçônico de Segurança Pública de Montes Claros prestou uma grande homenagem aos 75 policiais militares aplicadores do Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd) na região.

A homenagem aconteceu às 16h00 de ontem na Sede do 10º BPM.

O presidente do COMASP, Antônio Augusto Tavares, frisou que a homenagem aos policiais, que trabalham voluntariamente, é justamente uma forma agradecê-los pela dedicação com que trabalham no desenvolvimento do programa, ensinando nossas crianças a dizer NÃO às drogas e à violência.

****

EM COMEMORAÇÃO AO 12º ANIVERSÁRIO, 30º BPM ATIVA POSTO DE POLICIA COMUNITÁRIA E REALIZA AÇÃO CÍVICO-SOCIAL NO BAIRRO CERÂMICA:

Buscando conscientizar a comunidade da importância da participação de todos na solução dos problemas sociais, focalizando principalmente o crime, no dia 16/08, como parte das comemorações do 12º aniversário de instalação do 30º BPM em Januária, o Major Jorge Bonifácio de Oliveira, Comandante da Unidade e sua equipe de policiais, em parceria com diversos segmentos da comunidade local, ativaram o Posto de Policiamento Comunitário do Bairro Cerâmica.

Este feito, de grande importância para aquela região da cidade, onde se verifica um número acentuado de crimes, era uma antiga reivindicação dos moradores.

Durante o evento foi realizada uma ação cívico-social, com atendimento dentário básico, médico ambulatorial, consultoria jurídica, expedição de certidões de nascimento, distribuição de cestas básicas às famílias carentes, oficinas de arte e ofícios da Associação Manjumirim, além de apresentações culturais de jovens da própria comunidade, que abrilhantaram a cerimônia.

Diversas autoridades e lideranças comunitárias prestigiaram o evento. Em seus discursos, todos enalteceram o trabalho diferenciado e promissor que vem sendo realizado pelo Comandante do 30º BPM. Os esforços da PM, principalmente na ação preventiva, o policiamento comunitário e a constante interação social, têm feito a diferença.

Cidadania através da leitura: projeto traz a Moc escritor Moacyr Scliar



Samuel FagundesRepórter
A Caravana literária do Programa Tim Estado de Minas Grandes Escritores traz a Montes Claros nesta quarta-feira, 20, o escritor Moacyr Scliar. O encontro é uma realização da ONG Humanizarte de Viçosa com apoio da secretaria municipal de Cultura de Montes Claros e da Unimontes, com patrocínio da empresa Tim.
Segundo informações de Sidneia Fonseca, chefe do setor de Informações e Projetos da secretaria de Cultura, o programa é um projeto que leva escritores para cidades do interior e que o objetivo principal é a formação de leitores, de instigar o estudante, o jovem ou quem esteja na platéia a ler mais, a ter a consciência de que a leitura é importante e repassar essa mensagem.
- O objetivo não é formar artistas e sim tirar as crianças da rua, diminuindo o risco de envolvimento com drogas, com a criminalidade. Mas se sair um artista é uma maravilha! – afirma Sidneia
PALESTRANTE
Eleito em 2003 para a Academia Brasileira de Letras, Moacyr Jaime Scliar, nasceu em Porto Alegre no dia 23 de março de 1937. Formado em Medicina, é professor universitário, médico especialista em saúde pública, é um dos mais conhecidos escritores brasileiros da atualidade e tem mais de setenta livros publicados.
PROGRAMA
O Programa Tim Estado de Minas Grandes Escritores já vem sendo realizado há sete anos em Montes Claros e traz dois escritores por ano, um em cada semestre. Na cidade escritores como Affonso Romano de Sant´Anna e nos outros anos vieram os autores Roberto Drummond, Zuenir Ventura, Marina Colasanti, Carlos Herculano Lopes, Alcione Araújo, Bartolomeu Campos de Queirós, Nelson Motta, Rose Marie Muraro, Frei Betto e Roberto DaMattajá participaram do encontro.
Também é realizado há 7 anos na cidade o projeto Tim Arteeducação, um programa de oficinas de arte e educação que são realizados em bairros mais carentes e em escolas públicas municipais com alunos de 07 a 17 anos, com oficinas de musicas, dança e arte plásticas. No final é realizada uma mostra artística com o resultado do trabalho feito com essas crianças. Neste ano será realizado no dia 31 de outubro.

Entidade criada para ajudar precisa de ajuda




O Grappa de Montes Claros, que atende portadores do HIV do Norte de Minas, está sem condições de alimentar os usuários. Crianças soropositivas dormem em lençóis estendidos no chão, por falta de camas. Várias atividades oferecidas pela organização não governamental estão sendo canceladas.
Objetos produzidos pelos doentes estão sendo vendidos, mas o dinheiro não é suficiente para pagar as despesas. Enquanto o município gasta verba de mais de R$ 30 mil com propaganda, envia anualmente apenas R$ 8 mil para ajudar portadores do HIV.

O rigor na condução do processo eleitoral, com diversas proibições, restringiu a campanha deste ano a raras peças publicitárias. Uma delas é a pintura de muros, inclusive dos comitês eleitorais. Como o da foto, que identifica a sede das regionais do PMDB de Montes Claros, na Avenida Professor João Luís de Almeida.
Só que a ilustração estampada no muro peemedebista e que deverá ser utilizada em toda a campanha, inclusive no horário eleitoral gratuito da TV, em santinhos, cartazes e panfletos, é puro plágio. A cópia foi feita de uma logomarca da empresa Cia do Toner, situada na Avenida Cula Mangabeira, bem ao lado da prefeitura.
(fotos: REGINAURO SILVA)
Segundo os proprietários Albert Rodrigues e Salvador Costa, a marca foi feita há cerca de três anos pelo então funcionário do jornal Gazeta Norte Mineira, Rogério Fagundes. Que, na época, jamais imaginaria que, um dia, seus quatro bonecos estilizados fossem copiados, em forma e cores, pela coligação A força de todos. E que força...

Tremor de terra é registrado em Vila Nova de Minas distrito de Montes Claros


Um tremor de dois graus na escala Richter foi registrado na comunidade rural de Vila Nova de Minas, no município de Montes Claros, Minas Gerais, no início da manhã de segunda-feira. Moradores afirmaram ter ouvido um estrondo e, em seguida, a terra começou a tremer. Não há informações de pessoas feridas na região. Segundo o Observatório Sismológico da Universidade de Brasília, o abalo foi de pequena proporção.
Globominas.com

Estão jogando dinheiro fora em Montes Claros

FOTOS XU MEDEIROS

. Foram encontradas em Montes Claros nove notas falsas, no valor de R$ 100, localizadas pelo Cabo Wellington e soldado Igor. As notas estavam jogadas no passeio da rua Presidente Vargas, centro. Todas tinhas o mesmo número de série A05110099160A. No local ninguém soube explicar a origem das notas, a polícia investiga o caso e procura por suspeitos. Não foi descartada a possibilidade da existência de outras notas. A PM orienta que a população fique atenta, principalmente os comerciantes. As cédulas falsas estão na polícia federal.

Funorte Júnior goleia Uberlândia e é líder

FOTOS XU MEDEIROS

A equipe de Futebol da categoria Júnior brilhou no último sábado, quando derrotou no Campo do Cassimiro, o time do Uberlândia por placa 4 x 0.

.O jogo foi marcado por uma superioridade do Funorte do começo ao fim.A partida contou com a escalação dos jogadores Fredinho, Fabrício, Gil, Martinez; Nenem substituído por Breno, Diogo, Ualisson, que depois deu lugar a Thiago Guma, Marlúcio e Felipe Luan. Os gols foram de Gil, Fabrício, Alemão e um contra.

Com essa vitória a equipe do Funorte Juniores está em primeiro lugar e, o Cruzeiro de BH em segundo.

A equipe Juvenil, perdeu por 2 x 0 para a equipe do Acesita de Timóteo em Timóteo. A equipe jogou com: Nen, Dudu, Paulo Edson, Genilson, Matheus, Mauro Elton, Hendson, Farlinho, Roger, Marcos e Gil. Técnico: Didi.Os meninos do Infantil, também perderam para a equipe do Paulo Izidoro em Belo Horizonte por 1 x 0.

A escalação da partida foram os jogadores Guilherme, Fernando Dias, Fabio Junior, Emerson, Matheus, Jhon, Pedro, Lucas, Rafael, Max, Galego e Rafael Almeida.

A arbitragem influenciou diretamente no resultado da partida, pois, aos 37 minutos do segundo tempo o adversário liquidou a partida com um gol totalmente impedido.

A equipe Júnior viaja nesta terça feira às 12:00h para a cidade de Monte Carmelo, onde joga contra o Operário na quarta à noite, e logo após viaja para Belo Horizonte, onde joga no sábado, às 15:00h, contra o Cruzeiro, na toca 2.

Os profissionais se apresentam na tarde desta terça-feira para trabalhos técnicos e físicos.

sexta-feira, 15 de agosto de 2008

Após 30 anos, Christiane F. ainda luta contra vício



Christiane Vera Felscherinow ainda não se livrou da guerra particular iniciada em 1975 contra as drogas. Aos 43 anos, a alemã chegou a um estado que alguns médicos consideram "irreversível": sofre de hepatite tipo C e de graves problemas circulatórios. A senhora Felscherinow é, para o mundo, Christiane F., drogada e prostituída aos 13 anos. Seu drama de vício da heroína virou best seller e filme cultuado na década de 80.
Fotos mostram trajetória de Christiane F.
Livro perdeu popularidade
Christiane defende traficantes e Hitler
Opine sobre o drama de Christiane F.
Hoje, 27 anos depois do livro, Christiane é um retrato, ainda vivo, do poder destruidor das drogas. Apenas em dezembro de 2005, o serviço público de saúde alemão registrou duas internações da paciente, que há anos passa por inúmeros tratamentos de desintoxicação. Todos, invariavelmente, não a livraram do uso de heroína.
A iminência de um "colapso circulatório com potencial risco às funções vitais" é descrita em pelo menos um relatório médico. Christiane tem de passar regularmente por sessões de hemodiálise. Mas além das agulhas e injeções hospitalares, ela sempre recorreu ao "pico" da heroína.
Sem emprego fixo, Christiane sobrevive dos royalties das obras às quais empresta sua história. A vendagem de livros e a exibição do filme, porém, têm sido cada vez mais escassos. Sua situação financeira é limítrofe: vive com dois tios e o filho de 9 anos, Jan-Nicklas, num apartamento modesto em Berlim. É seu sétimo endereço em 15 anos.
Desde que se tornou famosa ao ser "descoberta" por dois jornalistas alemães, que publicaram suas memórias em série na prestigiosa revista Stern, em 1979, Christiane tentou reconstruir a vida, sem sucesso. Chegou a anunciar que estava "limpa", livre das drogas. Anos depois, admitiu que isso nunca ocorreu, a não ser por um período máximo de cinco meses.
Fez curso de contabilidade, mas quando começou a trabalhar num escritório acabou presa por posse de droga, em 1983. Depois, tentou ser vendedora de livros: durou três semanas na profissão. Christiane brincou de atriz (interpretou uma dançarina de boate num filme B) e foi cantora de banda punk. Nada sério.
Convicta, ela sempre diz que não se considera uma vítima das drogas. Pelo contrário, garante que faz tudo de forma absolutamente consciente.
Em entrevista ao semanário holandês De Limburger, em 2005, Christiane deu um recado às milhares de pessoas que se chocam (mas que também admiram) com a sua história. "Eu nunca quis ser exemplo de nada a ninguém, acho que cada um deve saber o que está fazendo. Eu, pelo menos, sei o que faço".
Divórcio dos paisO inferno de Christiane Vera Felscherinow começou em 1973, quando seus pais se divorciaram. Freqüentadora da discoteca Sound, conheceu Detlef, que se tornaria seu namorado.
Viciado em heroína e garoto de programa, Detlef introduz Christiane na "gangue do Zôo", grupo de jovens berlinenses que usavam drogas numa famosa estação de metrô da cidade alemã.
No local, ela se prostituiu dos 13 aos 15 anos, necessitando de três "picos" (doses da droga) por dia na reta final. No início, fazia programas para completar o valor do "pico". Ela dizia que só admitia sexo oral ou masturbação nos clientes.
Dizia ser "seletiva", repelia os "nojentos", levava uma tarde inteira pra aceitar um cliente. Depois, mudou, aceitava o primeiro que aparecia, tinha relações dentro de carros.
Os jornalistas Kai Herman e Horst Rieck, da revista Stern, notaram a presença da garota durante uma reportagem e escreveram uma série de reportagens na publicação. Foi a origem do livro.
O ex-namorado Detlef ainda está vivo e mora em Berlim. Com filho e mulher, ele se diz limpo.
* O tema desta desta reportagem foi sugerido pela leitora Mariana R. Narkevicius. Envie sua sugestão de pauta para o e-mail terranews@corp.terra.com.br
Redação Terra