quarta-feira, 5 de agosto de 2009

Pânico da gripe aumenta filas nos centros de saúde de Moc.

FOTOS XU MEDEIROS
Samuel Nunes
Repórter
De acordo com dados da secreta
ria municipal de saúde, até o momento foram detectados 40 casos suspeitos de gripe suína na cidade, sendo que, deste total, 33 estão em estado de observação, e sete já foram descartados.

Para a população, há o temor de que o número de casos suspeitos venha a aumentar. De acordo com a dona-de-casa Jaqueline Mendes Sobrinho, é importante que ocorra mais divulgação nos veículos de comunicação da cidade quanto aos verdadeiros sintomas da gripe. Já a estudante Caroline Silva Santos entende que o poder público municipal também venha a realizar uma campanha em escolas da cidade conscientizando quanto aos cuidados que a população deve tomar.
De acordo com o secretário municipal de saúde José Geraldo de Freitas Drumond, a mensagem passada à população deve ser de tranquilidade. Frisa que o município, com as suas unidades e profissionais de saúde, estão preparados para um eventual surto de gripe suína na cidade.
O secretário revela que sua pasta já tem passado orientações aos profissionais, e reuniões de capacitação estarão acontecendo, tudo para garantir tranquilidade a população.
Ele afirma que pessoas suspeitas da gripe suína na cidade passam por monitoramento para os quais funcionários das unidades de saú
de são designados para orientar e acompanhar de perto o paciente.

José Geraldo de Freitas Drumond:
cidade está preparada para eventual surto da gripe.
José Geraldo de Freitas Drumond lembra que pessoas residentes em Montes Claros que passaram período de férias em outros estados onde há gripe suína e que tenha algum sintoma semelhante devem procurar alguma unidade de saúde.

DIFERENÇAS ENTRE GRIPE SUÍNA E A COMUM

De acordo com ministério da saúde, ambas as gripes são causadas por diferentes subtipos do vírus Influenza. Os sintomas são muito parecidos e se confundem: febre repentina, tosse, dor de cabeça, dores musculares, dores nas articulações e coriza. Por isso, não importa, neste momento, saber se o que se tem é gripe comum ou a nova gripe. A orientação é, ao ter alguns desses sintomas, procure seu médico ou vá a um posto de saúde.
É importante frisar que, na gripe comum, a maioria dos casos apresenta quadro clínico leve e quase 100% evoluem para a cura. Isso também ocorre na nova gripe. Em ambos os casos, o total de pessoas que morrem após contraírem o vírus em todo o mundo é, em média, de 0,5%.

Ainda de acordo com o ministério de saúde se a pessoa tiver sintomas como febre repentina, tosse, dor de cabeça, dores musculares, dores nas articulações e coriza e importante procurar um médico ou um serviço de saúde, como já se faz com a gripe comum.
Alguns cuidados básicos de higiene podem ser tomados, como: lavar bem as mãos frequentemente com água e sabão, evitar tocar os olhos, boca e nariz após contato com superfícies, não compartilhar objetos de uso pessoal e cobrir a boca e o nariz com lenço descartável ao tossir ou espirrar.

Um comentário:

africa em nos disse...

Olá Equipe de Foto do XU, boa tarde!


Somos a Assessoria de imprensa digital da campanha fotográfica África em Nós, criada pela Secretaria da Cultura de São Paulo, com a curadoria do fotógrafo Walter Firmo.

Estamos entrando em contato, pois seu blog foi altamente recomendado pela nossa equipe. ficaremos grato retrebuindo este e-mail para nós através do africaemnosoficial@gmail.com

Desde já, os nossos agradecimentos.



Assessoria África em Nós | http://www.africaemnos.com.br